PLAYLIST

terça-feira, 17 de outubro de 2017

O AMOR VENCEU...

video

O AMOR ESTÁ DE VOLTA...










A LUZ CAMINHA SOBRE A TERRA!

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

UMA CARTA DE SPIKE LEE


Querido Michael
Na semana passada, eu fiz uma peregrinação para a sua cidade natal, Gary, Indiana. Eu estava dentro da sua modesta casa de três quartos, na 2300 Jackson Street. Eu senti a magia.
Tudo começou lá. Nove crianças mais seus pais, vivendo apertados, perseguindo o sonho americano. Esta solitária 2300 Jackson deveria ser declarada como referência histórica.
É preciso voltar ao início para ver claramente toda a viagem. Gary, a cidade do aço no centro-oeste, colarinho azul, trabalhando e vivendo duramente, grande ética de trabalho e valores básicos simples.
Ela está lá no início, onde você aprendeu: você teve que cantar e dançar como se sua vida dependesse disso. Você e sua família fizeram com que esse sonho se tornasse uma realidade. Mas como todos nós finalmente aprendemos (mais cedo ou mais tarde), os sonhos têm custos e custos têm consequências.
Eu realmente estimo o curto período de tempo que trabalhamos juntos, visitando a minha casa no Brooklyn, abraçando e beijando minha filha recém-nascida Satchel, como se ela fosse sua própria filha, nossa viagem fantástica ao Brasil para filmar o vídeo They Don't Care About Us.
Lamento nunca ter chegado a lhe informar que o nosso vídeo foi diretamente responsável pelo grande filme Cidade de Deus ser concebido e feito. Michael, sua vida tocou as pessoas no mundo inteiro de uma forma que você nunca vai saber.
Michael, eu sou um ano mais velho que você, nós crescemos juntos. Eu tinha meu (cabelo) afro como você. Eu queria ser como você. Queria as meninas bonitas correndo atrás de mim da maneira como elas faziam com você (elas nunca o fizeram: preferiam ficar fazendo ''olhos'' para os seus pôsteres colados nas paredes de seus quartos).
Você me fez ver as possibilidades, apesar de eu ser incapaz de cantar ou dançar, mesmo tendo vindo de uma família musical. Você, Jermaine, Tito, Jackie e Marlon nos mostraram o caminho. Vocês eram jovens rapazes negros como nós. Sobre nós foi um novo dia, um novo mundo e cabe a nós lembrar isso.
Encerrando, Michael, você captou tudo por aqui. Foi muito breve, mas enquanto você andou nesta Terra na sua forma física, você a mudou. Você mudou o mundo, mudou o jogo para sempre.
Que você possa descansar eternamente em paz. Amor

Spike Lee
________________________ 
Fonte: http://cartasparamichael.blogspot.com.br


MICHAEL E SPIKE NO PELOURINHO
SALVADOR/BA - 1996

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

A LUZ CAMINHA SOBRE A TERRA


MICHAEL BY BRYTON McCLURE

Como você e Michael se conheceram?
Quando eu tinha cerca de cinco anos e eu atuava em Family Matters. Encontramos alguém que trabalhava para a empresa de produção do filme. Escrevi-lhe uma carta e os meus pais a entregaram para ver se poderia ser entregue a Michael. Eu disse a ele que eu amava sua música.
Com cinco anos, você já era um fã?
Mesmo antes da idade de falar, eu já amava tudo que era relacionado a Michael Jackson. Era realmente inexplicável, mas eu tinha essa afeição por ele, como todos os outros.
Obviamente, você ouviu falar dele, então!
Ele me escreveu uma carta de volta! Fui convidado para participar da filmagem de um de seus vídeos musicais, Will You Be There, do álbum Dangerous. Eu pude encontrá-lo depois de sua performance e tirar uma foto com ele. Foi muito breve.
Quando você voltou a vê-lo?
Alguns meses mais tarde. Fomos convidados, Raven Simoné e eu, para entregar o Prêmio Artista do Ano NAACP para Michael. Nós éramos apenas crianças! Meus pais e eu conseguimos falar com Michael nos bastidores e ele nos convidou para sua casa.
A primeira vez que fui para rancho Neverland, eu estava acompanhado de meu pai. Passamos dois dias lá e alguns membros da família de Michael também estavam presentes. Fiz amizade com dois primos mais jovens do que ele, que eram um pouco mais velhos do que eu.
Ainda hoje eles são como irmãos para mim. Depois disso, Michael manteve contato comigo por telefone e eu fui para Neverland várias vezes por ano, com os meus pais. Ele abria as portas do rancho para alguém que considerasse um amigo. Mesmo quando ele não estava lá, poderíamos ir e passar o tempo. Foi a pessoa mais generosa que eu já conheci.
Como era o seu quarto? É que havia quartos temáticos, como A Sala de Circo ou A Espaçonave...
Não, nada disso. Os quartos eram muito normais. Sua casa era muito simples e acolhedora. Não era como um museu ou um hotel. Era um estilo antigo, como uma casa de campo grande.
Qual era a sua atividade favorita em Neverland?
Havia um grande castelo com quatro torres ligadas por pontes. Em cada estação, havia canhões de água gigantes e era ótimo atirar com eles. Havia sempre música e os animais eram surpreendentes. E depois havia coisas incríveis: muito espaço e muita tranquilidade. Quando cruzamos o portão para fora, nós dissemos: "Ugh, agora temos que voltar à realidade."
Quando foi sua última visita a Neverland?
Quando eu tinha 16 ou 17 anos, fui para o rancho quando ele estava lá com seus primos e Chris Tucker, eu fiquei cerca de duas semanas.
Você acha que devemos transformar Neverland em um parque público ou, ao contrário, ele deve permanecer como propriedade privada?
Eu gostaria que ele fosse mantido da mesma forma como era quando eu estava lá. A cada semana, chegavam ônibus vindos de hospitais lotados de crianças gravemente doentes, crianças que não poderiam fazer coisas normais como ir para a Disneylândia, em feiras ou parques, de modo que elas passavam o dia lá. Eu gostaria que continuassem a preservar o que ele fez e a forma como ele abria o rancho para as crianças doentes.
Você já pediu a sua opinião sobre a sua música?
Quando o iPod foi lançado, eu tive um e ele nunca tinha visto antes. Ele pensou que era muito legal e eu tinha uma das minhas músicas no topo. Ele ouviu e ele me deu um ótimo conselho. Ele sempre fazia isso com tudo que eu fazia na televisão e na música, mas também era questão de se assegurar que eu vivia as coisas que as crianças devem viver. Ele percebeu que eu estava totalmente feliz em fazer o que eu fazia, mas ele queria que eu aproveitasse minha condição de criança.
Qual é a sua memória favorita de Michael?
Há duas que eu nunca vou esquecer. A primeira é quando ele me pediu para cantar em uma faixa que ele escreveu para as vítimas do 11 de Setembro. Havia Celine Dion, N'Sync, Usher, Mariah Carey e Destiny's Child.
Todos estes e outros artistas se uniram e ele me convidou para me juntar ao coro. Eu tive que ir a Washington para cantar com ele e todos os outros artistas. Estar no palco com ele e cantar com ele foi uma experiência que eu nunca vou esquecer.
(Bryton também foi convidado por Michael para ser um representante de sua Fundação Heal the World.)
A outra experiência foi quando fui para Neverland uma noite e nós permanecemos acordados. Todo mundo foi para a cama e nós ficamos sentados nas cadeiras em frente à enorme lareira, e nós apenas conversamos e compartilhamos histórias.
Onde você estava quando soube de sua morte?
Eu estava em casa e eu não tinha ideia do que estava acontecendo. Meu pai me chamou e me disse para ligar a TV. Eu vi a notícia e, no momento, eu não acreditei. Levei um tempo para perceber que era verdade. Eu recebi trinta chamadas não atendidas e mensagens de pessoas que sabiam o quanto eu era próximo dele.
Quando foi seu último contato com o Michael?
A última vez que falei com ele foi pouco antes do julgamento principal, que se passou a alguns anos atrás. No ano anterior, eu o vi e passei algum tempo com ele.
O que você acha de todas essas histórias loucas que surgiram desde então?
Eu espero que as pessoas tentem entender como era a sua vida. Espero que as pessoas lhe deem um pouco de paz agora. Aconteceu uma vez de eu falar com ele no telefone e ele estava à beira de explodir em lágrimas, porque ele não entendia por que as pessoas o tratavam como ele era tratado. Eu acredito que, no final, ele compreendeu perfeitamente que era o preço a pagar por ser quem ele era.
Se você tivesse que resumir Michael, o que você diria?
Baseado no que eu experimentei, é realmente um exemplo de como eu quero viver. Ele enfrentou muitas intrusões em sua vida privada e dificuldades em uma escala tão grande... É incrível o que as pessoas podem dizer de alguém que não conhecem. E, no entanto, ele ainda era uma pessoa altruísta, generosa e benevolente. A coisa que eu quero que as pessoas percebam é que, apesar de todas as histórias bizarras e piadas, o circo da mídia e os tabloides, ele era um bom homem.
Em 2009, Bryton McClure deixou a seguinte mensagem para Michael em seu site:
"Deus te abençoe meu amigo Michael Jackson. Eu não posso começar... ele era uma presença importante para mim e para minha família. Seu amor, seu respeito, sua autoridade e sua bondade eram verdadeiramente incríveis. Michael, eu sinto sua falta e eu vou te amar para sempre. Obrigado por alguns dos melhores momentos da minha vida " Bryton.

By Bryton McClure (ator e cantor americano, fundador de uma instituição de caridade chamada RADD (Recording Artists, Actors and Athletes Against Drunk Driving) Kids (1996) e é um porta-voz de muitas instituições filantrópicas.
____________________________
http://cartasparamichael.blogspot.com.br/2013/01/bryton-mcclure.html


terça-feira, 10 de outubro de 2017

A MAGIA DA INOCÊNCIA CURANDO O MUNDO

Poema no muro de Neverland

Michael sempre soube que "curar o mundo" significava sair da "consciência de rebanho", da manipulação do sistema para nos afastar de nós mesmos e nos tornar escravos sociais.
E ele sabia que isso só seria possível educando as crianças para uma nova consciência: a consciência crística, evidenciada pela pureza de espírito (inocência) e que nada tem a ver com ingenuidade, ou infantilidade.
Os humanos especializaram-se em "sobreviver" e desaprenderam a "viver". Somos apenas androides inconscientes dos verdadeiros valores da vida e do motivo pelo qual estamos aqui.
_____________________________
CRIANÇAS DO MUNDO
Crianças do mundo, vamos fazer isso
Nos encontrarmos em praias sem fim
Construindo castelos de areia e navegando em nossos barcos
Enquanto pessoas brigam e defendem seus pontos de vista
Eternamente pondo novas máscaras
Brincamos na maré do tempo e fazemos.

Crianças do mundo, vamos fazer isso
Com música, dança e alegria inocente
E o carinho suave de um amável beijo
Faremos isso.

Enquanto negociantes negociam e discutem um valor
E políticos tentam ser gentis
Vamos nos encontrarmos em praias sem fim
e navegar em nossos barcos
Faremos isso.

Enquanto advogados debatem e médicos curam
Corretores citam o preço do alimento
Enquanto padres pregam e tocam o sino
Aventureiros com algo pra vender
Nós cantamos e dançamos com uma alegria inocente
E o carinho suave de um amável beijo
Nós faremos isso.

Nos encontrarmos em praias sem fim
Construindo castelos de areia
e navegando em nossos barcos
Faremos isso.

Vamos domar um arco-íris, uma nuvem, uma tempestade
Voando pelo vento, mudamos nossa forma
Tocaremos as estrelas, abraçaremos a lua
Ultrapassaremos a barreira e chegaremos em breve.

Enquanto arquitetos planejam seus edifícios
E o sindicato apela para o clamor público
Enquanto confusões esquentam em salas de reuniões
E em locais secretos fornecedores se encontram
Nós cantamos e dançamos com uma alegria inocente
E o carinho suave de uma amável beijo
Nós faremos isso.

Enquanto filósofos lutam e continuam a criar
Dilemas eternos de mente e coração
Físicos imaginam, continuam refletindo
Questões perpétuas sobre espaço e tempo
Arqueólogos analisam, continuam a cavar
Tesouros mortos, grandes e pequenos
Psicólogos provam, analisam tristezas
De noções histéricas, fobias, medos.

Enquanto padres ouvem confissões
Em uma sessão séria
E pessoas se esforçam
Em grande atividade
No barulho e no ruído
No significado de pecado...

Tocaremos as estrelas, abraçaremos a lua
Ultrapassamos a barreira, chegamos lá em breve
Domamos o arco-íris, a nuvem, a tempestade
Voando pelo vento, mudando nossa forma
Crianças do mundo, vamos fazer isso.

Com música e dança e alegria inocente
E o carinho suave de um amável beijo
Faremos isso.

_______________________________

Fonte: Michael Jackson’s Dancing The Dream, 1992 (Tradução: Daniel Neves)
Foto de Neverland: cartasparamichael.blogspot.com


A LUZ CAMINHA SOBRE A TERRA!

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

CURANDO O MUNDO EM SILÊNCIO



Posso fechar os olhos e reviver a experiência: Tudo o que ouço é "Jacksons! Jacksons! Jacksons!" É a Jacksonmania. Há crianças vestindo uma luva cintilante, como Michael. Não são seus pais. E há pessoas mais velhas, algumas delas em cadeiras de rodas.
Eu falo com uma menina na plateia. "Você sabe, minha irmã ficou doente por cinco anos", diz ela. "Nós estávamos preparados para a sua morte. Então, durante uma das turnês dos Jacksons, Michael veio visitá-la no hospital. E ela ainda está aqui. Nós pensamos que a visita de Michael teve muito a ver com isso.''
__________________________

Fonte: itens 4 e 5: "My Family, The Jacksons - Katherine Jackson with Richard Wiseman, 1990 (Tradução: Blog "Cartas para Michael) 


UM LEGADO DE AMOR PARA O PLANETA

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

E ENTÃO, MR. JACKSON?


Tens noção de quantas almas já curastes neste Planeta Azul, Mr. Jackson?!
Não estou falando aqui das dezenas – entre os milhares – de carequinhas que visitavam o teu santuário quântico, docemente apelidado “Neverland”.
Ou das dezenas de outras alminhas com corpos doentes que tu visitavas nos hospitais, ao redor do mundo...
Nem tanto quanto abandonados nos orfanatos e comunidades carentes por onde passavas...
Os concertos e turnês, aos cinco cantos do mundo, nunca foram a tua meta, não é? Foram pretextos...
Tua meta sempre foi o Amor: espalhar amor, vivenciar amor, ensinar amor... onde quer que pisassem teus pés.
Estou falando aqui das dezenas de milhares de almas que você curou, ensinando a amar, a olhar o outro como parte de si mesmo, independente desse outro ter ou não o mesmo DNA, pois que o DNA da alma é universal.
Estou falando aqui das dezenas de milhares de sorrisos, gotas de felicidade e emoções indizíveis que proporcionastes àqueles a quem brindastes com tua arte, teu abraço envolvente, um sorriso encantador ou um simples, rápido e penetrante olhar.
Estou falando daqueles a quem basta saber da tua existência para o mundo ficar melhor, para a vida valer à pena, para os obstáculos do caminho serem perfeitamente superáveis.
Estou falando aqui daqueles que por teu exemplo desaprenderam a mesmice do mundo e começaram a fazer a diferença, como se fora uma extensão de ti.
São tentáculos do teu amor abraçando o mundo; mesmo quando não podes estar presente... eles estão lá.
Estou falando desse elo de amor incompreensível entre o encantador e seus encantados, que os fazem coexistir e compartilhar sem nunca terem se visto...
Estou falando aqui dos teus girassóis; aquelas tenras sementes que floresceram com o Amor que oferecestes como adubo, e que se tornaram faróis de luz na Terra...
Estou falando de cada um de nós que tu despertastes para o Amor Incondicional, a energia crística que transmuta tudo que existe.
Há dois mil anos que o mundo não sentia essa vibração sagrada e poderosa... Tu a trouxestes de volta! 


"Eu não estou dizendo que sou Jesus, mas tenho que ser como Ele em meu coração" (Michael Jackson)

-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-
Este artigo é protegido por direitos autorais. O autor dá permissão de compartilhá-lo, através de qualquer meio, contanto que os créditos sejam incluídos: nome do autor, data da postagem e o local onde se obteve a informação divulgada com o corpo da mensagem. É expressamente proibida sua comercialização sob qualquer forma ou seu conteúdo adulterado ou parcialmente divulgado (trechos da mensagem) ou utilizado para base de qualquer trabalho sem prévia permissão do autor. Sempre incluir o endereço eletrônico do site oficial no Brasil: michaelsiriano.blogspot.com.

domingo, 17 de setembro de 2017





POR MOTIVO DE VIAGEM, AS POSTAGENS DO BLOG MICHAEL SIRIANO FICARÃO SUSPENSAS ATÉ O DIA 4 DE OUTUBRO.

RETORNAREMOS ÀS ATIVIDADES, EM 05 DE OUTUBRO.

GRATOS PELA COMPREENSÃO!

NAMASTÊ!

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

A DOR E O SILÊNCIO


MICHAEL BY STEVE MANNING

Primeiro de tudo, Michael Jackson era uma alma muito gentil. Um cara humilde. Como Jesus em espírito, porque cuidava e amava. Uma pessoa verdadeira. Ele era um cara muito humilde. Para todo o seu sucesso, ele era muito, muito gentil.
[...]
Sua maior fraqueza? Ser gentil, confiar nas pessoas. Ele confiou em pessoas e ele também acreditava em lealdade. Um monte de gente o traiu. Ele foi ferido por Hollywood também. As pessoas em Hollywood o traíram, eles viraram as costas para ele. Isso dói profundamente.
As pessoas poderosas em Hollywood, eu não vou citar seus nomes, viraram as costas para ele, o evitavam. Todos eles o evitavam como uma doença. Ele era sensível. Você não poderia encontrar uma pessoa que se preocupasse mais com o sofrimento alheio. E assim, ele tinha que perdoar.
Quando você é uma pessoa amável e um homem de Deus como ele, você perdoa. Ele acreditava que guardar rancor mantém você para baixo. Ele perdoava, mas ele não esquecia.
Ele me pediu para voar para a Flórida (no dia) 07 para falar com ele. Então, eu voei para a Flórida naquela noite. Seu irmão me pegou no aeroporto e Michael sentou-se até por volta de três horas da manhã e ele falou sobre como Hollywood o maltratou e eu podia ver e ouvir a dor em sua voz, sobre essa situação, e eu disse a ele:
''Você tem que superar. Mike, vamos fazer como estamos habituados a fazer. Vamos saltar para a estrada e vamos mostrar para eles."
by Steve Manning (Gerente de Tito Jackson)

Michael e Steve Manning

________________________

Fontes:http://jeffmarren.com/Legendary/Manning_0512.html
http://www.positivelymichael.com/forums/archive/index.php/t-13306.htmlSeptember 2009- Ebony Magazine Commemorative Issue- Michael: Our Icon
http://www.reflectionsonthedance.com/Michael-s-Friends-on-Michael.html
http://cartasparamichael.blogspot.com.br/2013/01/steve-manning.html


quarta-feira, 13 de setembro de 2017

CORAÇÃO MENINO E HUMANITÁRIO 


Era 7 de março de 1973...
Leslie Robinette, uma garotinha de apenas 6 anos de idade, portadora de anemia aplástica, havia acabado de ser submetida a um transplante de medula óssea (àquela época, ainda um procedimento experimental) e sofria de depressão pós-cirúrgica; afinal, ela estava magra, com pouco cabelo, estômago inchado e teria que passar três meses em isolamento. Apenas sua mãe tinha autorização para vê-la e os médicos estavam desesperançados com relação à sua recuperação.
"Depois de passar por tudo isso, você está apenas cansada e querendo ir para casa, é uma forma de parar de lutar", disse Robinette.
Como consolo, ela ouvia as músicas de sua banda preferida: “Jackson Five”, em uma plataforma giratória estéril que os médicos permitiram colocar na sala.
"Eu estava sentada no meu quarto, olhando pela janela, ouvindo curiosamente ‘Looking out the window’ do Jackson 5, quando ouvi as enfermeiras disponíveis enlouquecerem e fazerem um alvoroço", conta ela. Olhou através do vidro que era a sua única conexão com o hospital movimentado e viu o Jackson 5 lá. "Eles me perguntaram qual deles eu queria ver e disse que Michael era o mais bonito", lembra rindo.
De repente, uma mão conhecida, mas sem as tradicionais luvas brancas de lantejoulas se estendeu, pegou sua mão e perguntou como ela estava. "Há tão longo tempo assim desde que toquei alguém sem luvas. E eu vi o cabelo em vez de apenas um chapéu verde com os olhos espiando".
Leslie descreveu Michael como um jovem rapaz, obviamente, incrivelmente tímido, mas simpático e sincero, que lhe deu carinho e uma foto autografada.
Após a visita, Leslie Robinette começou a melhorar, para espanto e alegria dos médicos e da família.
"Eu não diria nunca que ele salvou sua vida, seria louco, mas voltou um pouco do seu desejo de viver, que ela tinha perdido", disse Trine Robinette, 49, irmã de Leslie.
Finalmente, a pequena Leslie melhorou e voltou com a família para sua fazenda em Greenville, Tennessee, onde ainda mora com seus pais.
Aos 17 anos, Robinette encontrou Michael Jackson novamente, em agosto de 1984. E recebeu ingressos gratuitos para assistir aos três concertos da Victory Tour, no Estádio Neyland, em Knoxville.
Na terceira noite, ela pode ir aos bastidores conhecer todo o Grupo. Michael levou-lhe um cartão de aniversário feito à mão. "Perguntei-lhe se ele se lembrava de mim e ele disse que sim. Falamos sobre o coro onde eu cantava e quanto tempo levaria para me livrar do colete lombar (por doença)", disse Robinette.
Leslie assistiu ao terceiro concerto em um camarote VIP, ao lado de Katherine Jackson, como convidada de Michael.


Quando deixou o Hospital Infantil de Seattle, três meses após primeiro encontro com Michael, os médicos disseram que Leslie Robinette poderia viver 10 anos. Ainda lutando contra sua doença, e com menos de 1,20 m e cerca de 27 Kg, ela tem agora 42 anos e uma vida ativa.
Como Michael Jackson tem uma forte afeição por animais, Leslie está envolvida com a NARHA (Associação Norte-Americana para a equitação com mobilidade condicionada), uma associação sem fins lucrativos, com sede em Denver (Colorado), que promove os benefícios da terapia com cavalos para indivíduos com deficiências físicas e mentais e está, atualmente, preparando-se para ser uma instrutora. 

_____________________
Fontes:
http://www.theking.com.br/forum/showthread.php?t=5837&page=3
http://mjhideout.com/forum/labor-humanitaria-de-michael-jackson/107857-leslie-robinette-y-visita-de-michael-1973-a.html
http://michaeljacksoniloveyoumost.blogspot.com.br/2011/12/historia-de-leslie-robinette.html
http://www.mj-777.com/?p=7558
http://cartasparamichael.blogspot.com 

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

AMOR, INCANSÁVEL AMOR! 


Dentre os muitos problemas que afligiram a família Jackson na produção da Victory World Tour, Katherine ressalta um momento de beleza e generosidade de seu filho Michael.
“Tudo somado foi uma experiência traumática para Michael. Mas algo de bom, finalmente,  veio disso: o Michael Jackson Burn Center.
Michael teve a ideia de emprestar seu nome à unidade de queimados do Brotman Hospital, depois de visitar alguns de seus pacientes companheiros com queimaduras. Ele foi às lágrimas vendo como alguns deles ficaram terrivelmente feridos, e ele queria fazer algo para ajudar.
Quando ele contou seus desejos à Pepsi, a empresa - que, tenho certeza, foi se preparando para um processo de Michael, algo que Michael nunca fez - foi muito feliz em doar um milhão e meio de dólares para o centro. Nascia o Michael Jackson’s Burn Center”.

Fonte: "My Family, The Jacksons - Katherine Jackson with Richard Wiseman, 1990 (Tradução: Rosane Sune - Blog "Cartas para Michael) 

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

A ESSÊNCIA DE UM SER DE LUZ
  

MICHAEL, BY KATHERINE JACKSON

“Michael é incrível. Eu não estou dizendo isso porque ele é meu filho; eu realmente o vejo dessa forma.
Quando ele está com uma celebridade, ele ‘cresce’ para a sua idade (discute política, filosofia, arte, racismo, a guerra, a fome...). Mas, então, ele tem a sua loja de doces e sua coleção de bonecos, e ele rola no chão com seus sobrinhos e sobrinhas como se ele fosse uma criança. Ele é jovem. Ele é maduro. Como eu disse, ele é incrível”.

Fonte: "My Family, The Jacksons - Katherine Jackson with Richard Wiseman, 1990 (Tradução: Blog "Cartas para Michael) 

     
                               Michael e Bill Clinton    -       Michael e Jimmy Carter      

      
Eterna Criança

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

CRIAÇÃO DO CANAL DE VÍDEOS


"MICHAEL SIRIANO"

A exemplo do Blog "MICHAEL SIRIANO", está disponível agora o Canal "MICHAEL SIRIANO", no Youtube, destinado a divulgar a obra humanitária e alquímica da Essência Crística Siriana, aqui encarnada como Michael Joe Jackson.

ACESSE: https://www.youtube.com/channel/UCUcWaIufEJqCIMdFkQCbMTA.

Vídeo Apresentação




terça-feira, 5 de setembro de 2017

CURANDO O MUNDO DE SUAS MAZELAS


''Vinte anos atrás, eu nasci com paralisia cerebral. As histórias não são remanescentes na minha mente, porque eu era muito jovem, mas ao chegar a idade de nove anos, percebi que algo não estava certo.
Era porque eu não podia brincar nos balanços, jogar futebol ou qualquer coisa assim, mas para me ajudar estavam meus amigos muito próximos. Era a minha rotina normal, jantar, depois de ler um livro, ir dormir.
Uma noite não foi possível encontrar um livro para ler, então alguém colocou o rádio era cerca de oito horas - e nessa época eu costumava pensar que uma vida rara que eu tinha. Ainda ouvindo o rádio, uma música veio, mais ou menos assim:
''another day has gone, I’m still all alone, how could this be, that you’re not here with me?’ (outro dia se foi, eu ainda estou sozinho, como isso poderia ser, que você não está aqui comigo?)
Eu me perguntei rapidamente... 'Quem é esse?'
A pessoa que me cuidava disse: 'É Michael Jackson!' e eu disse: 'Sim, mas como se chama?' (a música)
Antes de essa pessoa poder dizer alguma coisa, eu ouvi as quatro palavras You are not alone e foi o segundo no qual eu me tornei um grande fã. O enfermeiro que me cuidava estava comigo há oito anos, mas agora eu estava sendo ajudado por Michael para superar isso. Ele disse: "Eu tenho o vídeo.'
Eu o peguei emprestado no dia seguinte e ele parecia tão carinhoso e inocente, e dali em diante passei a chamá-lo de ''meu pai'', porque meu pai abandonou a minha mãe quando eu era criança.
Quando Michael tinha apenas cinco anos de idade, ele não podia jogar futebol ou brincar nos balanços, e ele tinha um pai, mas seu pai costumava bater nele. Há tantas comparações que eu não posso pensar em todas elas, agora.
Eu tenho uma vida melhor, mas não uma vida normal. Eu me machuco porque minhas mãos batem contra a minha cabeça em movimentos involuntários que eu tenho, eu tomo remédios três vezes por dia.
Cada vez que eu vou para o hospital, eu visto uma camiseta com a estampa de Michael, porque eu vi que ele sempre visitou os hospitais. Quando eu visto essa camiseta, é como se ele estivesse comigo.
No ano passado eu tive que ir ao hospital para uma operação de grande porte, e eles tinham a sua própria estação de rádio, que eu não acho que você possa escolher as músicas, mas na manhã marcada para a operação, o que veio no rádio?
'another day has gone, I’m still all alone, how could this be, that you’re not here with me?’ (outro dia se foi, eu ainda estou sozinho, como isso poderia ser, que você não está aqui comigo?)
Levou 14 dias para acabar com a operação, mas como você pode imaginar, não foram apenas a família e enfermeiros que me ajudaram a superar isso, era como se fosse Michael em espírito. Não houve mais músicas, exceto as que a minha mãe fez o pedido.
Há dois anos algo nojento e desrespeitoso aconteceu com Michael, ele foi acusado de abuso sexual infantil.
Se eu pudesse ter estado naquele tribunal eu teria ido, mas porque eu não consigo entrar em um avião, porque não posso me sentar em uma poltrona de avião, eles não me deixariam entrar no conselho, de qualquer forma eu teria que pagar por dois enfermeiros.
Mas eu sei que Michael acredita em todos os seus fãs que foram apoiá-lo durante o terrível julgamento. Vocês entendem? Eu comia, bebia e respirava por Michael.
Então, se não fosse pela música You Are Not Alone de Michael, eu me pergunto se eu ainda estaria comendo e bebendo, ou balançando em um canto da sala, oh.. eu tenho que ser verdadeiro, eu poderia não estar aqui.
Graças a Michael, eu sinto que eu posso conquistar qualquer coisa, porque Michael ama seus fãs, e se você não acredita em mim sobre ele salvar vidas, acessem a Internet, conheço um site que tem uma história sobre uma mulher e ele salvou a vida dela, e ela se tornou sua fã, da mesma forma que eu me tornei um fã.''

*depoimento de um fã chamado Sam
(trechos extraídos de um depoimento retirado dos Fóruns para o Tumblr)
____________________________

Fonte: http://www.tumblr.com/tagged/mj-hero#inspirati
Fonte: http://cartasparamichael.blogspot.com.br/2013/01/you-are-not-alone.html


domingo, 3 de setembro de 2017

HOMENAGEM DE PARIS JACKSON AO PAI MICHAEL, EM SEU ANIVERSÁRIO DE 59 ANOS


29 de agosto de 2017

“Parabéns ao amor da minha vida, a única pessoa que me mostrou o que era realmente paixão, aquele que me deu moral sólida para viver e como sonhar.

Eu nunca mais vou sentir amor como foi com você. Você sempre estará comigo e eu sempre estarei com você.

Embora eu não seja você e você não seja eu, eu sei com todo o meu Ser que SOMOS UM. E as nossas almas nunca irão mudar disso.

Obrigada pela magia, para sempre e sempre”!
_______________________________

Fontes: Instagram Paris Jackson
Blog “Cartas para Michael”